Edição 076 - Março 2017  
  Por que cruzar o Sped Contribuições com os arquivos XML das NF-e e NFC-e?  
 

No intuito de arrecadar cada vez mais, as Receitas Federal e Estaduais dispõem de um arsenal eletrônico de ponta, que tem sido atualizado constantemente. Do outro lado, temos o contribuinte querendo pagar menos. Além de não ser aconselhável tentar esse “alívio” de maneiras obscuras, ou seja, tentando sonegar impostos, essa opção também está cada vez mais perigosa. O Fisco sempre vai levar a melhor porque é ele quem dita as regras e com tanta tecnologia, o sistema é difícil de ser burlado.

Nesse sentido, uma das análises que não pode deixar de ser feita é o cruzamento da EFD Contribuições com os arquivos XML das NF-e (Notas Fiscais Eletrônicas) e NFC-e (Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica). Isso porque a primeira coisa que vai ser verificada é se sua empresa escriturou todas as notas que deveria escriturar e se os valores estão corretos. Se sua empresa não tiver lançado alguma nota fiscal, a Receita vai detectar isso imediatamente.

O problema é que, mesmo sabendo que é necessário fazer esta conferência, a maioria das empresas não consegue ter tempo nem pessoal suficiente para conferir cada arquivo XML com a EFD, porque isso é muito trabalhoso e demorado. Transmitem os arquivos no escuro, correndo um grande risco de serem autuadas.

É importante ressaltar que a BALINTE Contabilidade Empresarial faz essa pré auditoria antes da entrega para a Receita.

 
     

 

Siga-nos nas mídias socias:

 
 
 
     
Tel: 11 3071-2720 • www.balinte.com.br
Layout: HR Design
Se você não deseja mais receber nosso Boletim Informativo, cancele seu recebimento, Clique Aqui